Alguns ministros “são autodeclarados inimigos” do combate à corrupção, diz Sergio Moro

De acordo com ele, alguns membros da Corte “são autodeclarados inimigos” da causa.

Por Léo Brasil 11/05/2022 - 12:06 hs
Foto: Evaristo Sá/AFP

O ex-juiz da Lava Jato e ex-ministro da Justiça, Sergio Moro (União Brasil), criticou a atuação de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) no combate à corrupção. De acordo com ele, alguns membros da Corte “são autodeclarados inimigos” da causa. 


Em entrevista ao canal Talk Churras, no YouTube, na quarta-feira (10), Moro citou Gilmar Mendes como um desses ministros.  


“Agora a gente está vendo esse retrocesso. Muito vem de alguns ministros do STF, que são autodeclarados inimigos do combate à corrupção”, disse Moro.


“Vou mencionar apenas um, o Gilmar Mendes. Eu acho que pelas posições dele [Gilmar Mendes]: anula tudo, não condena ninguém e ainda é extremamente ofensivo nas decisões dele ao pessoal da Lava Jato, inventa lá umas histórias que não tem nada a ver. Eu só vejo isso, não vejo ele condenar ninguém”, completou.





Terra Brasil Notícias